Revista Movimento Movimento Movimento: crítica, teoria e ação

Não desiste

No aniversário de 68 anos do grande jornalista brasileiro Juca Kfouri, publicamos artigo de seu amigo e colega a seu respeito.

Foto Francisco Ucha / Divulgação
Foto Francisco Ucha / Divulgação

Existe no Brasil um grande número de jornalistas sérios, éticos, competentes, estudiosos e que criticam os absurdos que acontecem no esporte, fora dos gramados. Mas pouquíssimos, ou nenhum, têm tanta coragem, tantos conhecimentos e tanta competência sobre o assunto, como Juca Kfouri.

Há no esporte brasileiro, e em toda a sociedade, muitos espertalhões, corruptos, fisiologistas, coniventes, acomodados e só existe um Juca Kfouri. Sua luta é antiga, diária e constante, no jornal, no rádio, na televisão e na internet. Não sei como arruma tempo para fazer bem tantas coisas. Juca trabalha até quando dorme e sonha.

Gostaria de estar mais a seu lado. Mas não sou jornalista. Sou apenas um colunista e comentarista de futebol. Por isso, tenho um certo constrangimento, que não deveria ter, de falar sobre certas cosias. Gosto também muito mais da parte técnica, de falar mais do que acontece nos gramados e na preparação das equipes. Não tenho tantas informações sobre bastidores, de problemas políticos e econômicos. Prefiro não analisar o que não conheço bem.

Acontece o mesmo com vários jornalistas. Muitas coisas são óbvias, mas não podem ser aprovadas. Existe ainda um medo, um mal estar, de ser processado. Esse tipo de repressão é uma das táticas utilizadas pela turma que é criticada e/ou envolvida com falcatruas. São muitos, unidos e poderosos.

Com Juca é diferente. Ele se preparou para isso. Fala com segurança e com conhecimento. Juca não tem medo também de processos na Justiça. Já são tantos.

O sonho de Juca é ver nas diretorias dos clubes, das federações, da CBF, do COB, no Ministério dos Esportes e em outras instituições esportivas pessoas mais éticas, competentes e mais comprometidas com esporte, principalmente ex-atletas. Não é fácil. Poucos têm prepara para isso. E poucos fariam diferente. A mudança no esporte faz parte também de uma mudança em toda a sociedade.

Esse livro é uma reunião de artigos escritos por Juca sobre os problemas políticos e econômicos do esporte. Cada um melhor que o outro. Além da competência e dos conhecimentos na área esportiva, Juca possui uma cultura que vai além do esporte. Daí as inúmeras associações que faz de fatos que acontecem no esporte com outros que ocorrem na política e na vida brasileira.

A luta contra tantas coisas erradas no esporte não pode parar. Ainda bem que Juca não desiste.

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Neste mês de março, preparamos uma nova edição da Revista Movimento, dedicada especialmente para a reflexão e elaboração política sobre a luta das mulheres. Selecionamos um conjunto de materiais - artigos teóricos, textos políticos, documentos e uma especial entrevista - com o intuito de aprofundar o esforço consciente demonstrado por nossa organização nos últimos anos em avançar na compreensão sobre o tipo de feminismo que defendemos, bem como sobre o papel essencial e a importância estratégica que a luta feminista tem para a construção de um projeto anticapitalista. Um desafio exigido pela atual conjuntura, marcada pela ascensão de governos de extrema-direita no mundo, na qual o movimento feminista tem se apresentado como contraponto e trincheira de resistência fundamental. Por isso, esta edição pretende, antes de mais nada, auxiliar e fortalecer nossas intervenções feministas nesse momento, a começar por duas datas muito significativas que inauguram este mês: o 8 e o 14 de março, dia em que se completará um ano do brutal assassinato de nossa companheira Marielle Franco. Esperamos que seja proveitoso e sirva como instrumento para as nossas batalhas. Boa leitura!

Solzinho

MES: Movimento Esquerda Socialista MES: Movimento Esquerda Socialista