‘Não há saída para crise climática dentro dos marcos do capitalismo’
Porto Alegre submersa

‘Não há saída para crise climática dentro dos marcos do capitalismo’

Emergência climática é uma realidade. Não temos planeta B. Não há segunda chance quando se trata de corrigir a rota que estamos percorrendo

Prof. Josemar Carvalho 11 maio 2024, 14:00

Foto: Secom/PR

Não há saída para crise climática dentro dos marcos do capitalismo. O modelo de desenvolvimento pautado no estímulo desenfreado ao consumo e a exploração voraz sistemática do meio-ambiente, colocam o planeta numa encruzilhada.

O ano de 2023 foi o mais quente do planeta, que está em média 1,4°C mais quente em comparação ao período pré-industrial. Especialistas apontam que se alcançarmos o patamar 2°C, seriam catástrofes em série. 3°C seria o fim da civilização.

No Brasil, o ano de 2023 também foi o mais quente registrado pela série histórica. No país a média das temperaturas do ano ficou em 24,92ºC, sendo 0,69°C acima da média histórica de 1991/2020, que é de 24,23°C. No RS choveu o triplo da média para o período e o rio Guaiba alcançou altura recorde.

Em 2023, somente na Amazônia, foram desmatados 9.064 km quadrados de floresta, isso significa mais de mil campos de futebol. Só no Brasil são 1.253 espécies ameaçadas de extinção.

Não temos planeta B. Não há segunda chance quando se trata de corrigir a rota que estamos percorrendo!


TV Movimento

Palestina livre: A luta dos jovens nos EUA contra o sionismo e o genocídio

A mobilização dos estudantes nos Estados Unidos, com os acampamentos pró-Palestina em dezenas de universidades expôs ao mundo a força da luta contra o sionismo em seu principal apoiador a nível internacional. Para refletir sobre esse movimento, o Espaço Antifascista e a Fundação Lauro Campos e Marielle Franco realizam uma live na terça-feira, dia 14 de maio, a partir das 19h

Roberto Robaina entrevista Flávio Tavares sobre os 60 anos do golpe de 1º de abril

Entrevista de Roberto Robaina com o jornalista Flávio Tavares, preso e torturado pela ditadura militar brasileira, para a edição mensal da Revista Movimento

PL do UBER: regulamenta ou destrói os direitos trabalhistas?

DEBATE | O governo Lula apresentou uma proposta de regulamentação do trabalho de motorista de aplicativo que apresenta grandes retrocessos trabalhistas. Para aprofundar o debate, convidamos o Profº Ricardo Antunes, o Profº Souto Maior e as vereadoras do PSOL, Luana Alves e Mariana Conti
Editorial
Israel Dutra e Roberto Robaina | 16 maio 2024

Tragédia no RS – Organizar as reivindicações do movimento de solidariedade

Para responder concretamente à crise, é necessário um amplo movimento que organize a luta pelas demandas urgentes do estado
Tragédia no RS – Organizar as reivindicações do movimento de solidariedade
Edição Mensal
Capa da última edição da Revista Movimento
Revista Movimento nº 49
Nova edição traz o dossiê “Trabalho em um Mundo em Transformação”
Ler mais

Podcast Em Movimento

Colunistas

Ver todos

Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Nova edição traz o dossiê “Trabalho em um Mundo em Transformação”