Revista Movimento Movimento Movimento: crítica, teoria e ação

Paralisação dos professores da rede particular de São Paulo!

Em uma grande mobilização, mais de 20 grandes escolas particulares da capital estão mobilizadas ou paralisadas.

Reprodução Facebook
Reprodução Facebook

Nessa quarta-feira, 23/05, os professores e professoras da rede particular de São Paulo realizam uma grande paralisação em defesa da Convenção Coletiva da categoria, que está sendo atacada pelo sindicato patronal inspirado pelas novas mudanças na legislação trabalhista.

Em uma grande mobilização, mais de 20 grandes escolas particulares da capital estão mobilizadas ou paralisadas, e diversas mantenedoras já começaram a perseguição contra os trabalhadores de educação que lutar por seus direitos.

Nós do MOVER estamos nessa luta e apoiamos essa categoria da educação que hoje é atacada pelos patrões através da Reforma Trabalhista. Em defesa da Convenção Coletiva! Todo apoio aos professores e professoras!

Artigo originalmente publicado na página do Facebook da MOVER.

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Neste mês de março, preparamos uma nova edição da Revista Movimento, dedicada especialmente para a reflexão e elaboração política sobre a luta das mulheres. Selecionamos um conjunto de materiais - artigos teóricos, textos políticos, documentos e uma especial entrevista - com o intuito de aprofundar o esforço consciente demonstrado por nossa organização nos últimos anos em avançar na compreensão sobre o tipo de feminismo que defendemos, bem como sobre o papel essencial e a importância estratégica que a luta feminista tem para a construção de um projeto anticapitalista. Um desafio exigido pela atual conjuntura, marcada pela ascensão de governos de extrema-direita no mundo, na qual o movimento feminista tem se apresentado como contraponto e trincheira de resistência fundamental. Por isso, esta edição pretende, antes de mais nada, auxiliar e fortalecer nossas intervenções feministas nesse momento, a começar por duas datas muito significativas que inauguram este mês: o 8 e o 14 de março, dia em que se completará um ano do brutal assassinato de nossa companheira Marielle Franco. Esperamos que seja proveitoso e sirva como instrumento para as nossas batalhas. Boa leitura!

Solzinho

MES: Movimento Esquerda Socialista MES: Movimento Esquerda Socialista