Líder do PSOL na Câmara se reúne com equipe de Bernie Sanders nos EUA
Reprodução

Líder do PSOL na Câmara se reúne com equipe de Bernie Sanders nos EUA

Fernanda Melchionna conversou com lideranças da esquerda estadunidense.

Equipe Fernanda Melchionna 27 fev 2020, 16:44

Ao se encontrar com a Secretária-Geral de Direitos Humanos da OEA, a deputada do PSOL também tratou do aumento de feminicídios e estupros no Brasil e as tentativas de avanços de temas conservadores nas escolas brasileiras.

A líder do PSOL na Câmara dos Deputados, Fernanda Melchionna, está nos Estados Unidos a convite do Congresso dos EUA para uma série de reuniões e atividades sobre a escalada autoritária que acontece no Brasil, ao lado das também deputadas Joenia Wapichana (Rede) e Erika Kokay (PT).

Na última terça-feira (25), Fernanda Melchionna representou o PSOL em uma reunião com a equipe do candidato socialista nas prévias do Partido Democrata às eleições dos EUA, Bernie Sanders. Ainda no início do processo eleitoral para definir o oponente de Donald Trump, Bernie desponta como favorito à indicação como candidato do Partido Democrata com uma plataforma radical de reformas estruturais e programas sociais nos EUA.

Como definiu Fernanda Melchionna ao divulgar a reunião em suas redes sociais, a campanha de Bernie Sanders mostra que é possível fazer “o socialismo crescer no coração do imperialismo”. A campanha do socialista democrático, que recusa doações de bilionários e grandes empresários, conta com crescente engajamento de jovens, latinos, mulheres, negros e operários por todos os estados americanos.

Na última prévia democrata, realizada no último sábado (22) em Nevada, Bernie Sanders conseguiu uma vitória avassaladora com 46,8% dos votos e 24 dos 36 delegados eleitos pelo estado para a Conferência do Partido Democrata.

REUNIÃO COM A ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS (OEA)

Fernanda Melchionna também se reuniu com representantes da Organização dos Estados Americanos (OEA) em Washington para tratar das crescentes ameaças de legalização da mineração em terras indígenas no Brasil e os sistemáticos ataques do próprio presidente Jair Bolsonaro aos povos indígenas.

Ao se encontrar com a Secretária-Geral de Direitos Humanos da OEA, a deputada do PSOL também tratou do aumento de feminicídios e estupros no Brasil e as tentativas de avanços de temas conservadores nas escolas brasileiras.

Fonte: https://psol50.org.br/lider-do-psol-na-camara-se-reune-com-equipe-de-bernie-sanders-nos-eua/


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
Publicamos a décima sétima edição da Revista Movimento ainda sob o impacto da pandemia da Covid-19. Em todo o mundo, as contradições acumulam-se. Este volume está dedicado à análise de várias dimensões desta verdadeira crise global e de seus desdobramentos. Com destaque, tratamos da mobilização antirracista nos Estados Unidos e no mundo, iniciada após o assassinato de George Floyd, e da situação brasileira, discutindo a crise do governo Bolsonaro e as recentes manifestações dos trabalhadores por aplicativos.