Sâmia Bomfim denuncia Governo de SP por não fazer testes do coronavírus em profissionais de saúde
Reprodução

Sâmia Bomfim denuncia Governo de SP por não fazer testes do coronavírus em profissionais de saúde

MPF determinou que Governo realize testes em funcionários que apresentem “síndrome gripal”.

Equipe Sâmia Bomfim 26 mar 2020, 18:17

A deputada federal Sâmia Bomfim apresentou uma denúncia no Ministério Público Federal contra o Governo do Estado de São Paulo, que não cumpriu uma ordem determinada pelo próprio MPF.

Veja aqui a representação em PDF

O órgão recomendou a realização de testes de diagnóstico do coronavírus apenas nos profissionais de saúde que apresentem “síndrome gripal”, segundo a recomendação de número 09/2020, com referência ao Procedimento Administrativo número 1.16.000.000537/2020-14.

No entanto, David Uip, que é médico e coordenador do Centro de Contingência para a Doença do Governo de São Paulo, tem afirmado em entrevistas à imprensa que a rede pública de São Paulo vai realizar testes de coronavírus apenas em pacientes graves.

“Isso é muito complicado porque é uma posição contrária à decisão do MPF e deixa os funcionários de saúde apreensivos, porque não sabem se estão ou não infectados com o Coronavírus”, afirma a deputada.

Também assinam a deputada estadual Monica Seixas e a psicóloga sanitarista Luana Alves.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
Na 16ª edição, estão disponíveis dois dossiês. No primeiro, sobre o ecossocialismo, podem-se se encontrar as recentes teses de Michael Löwy, além de uma entrevista com o sociólogo e dirigente da IV Internacional. Também publicamos uma entrevista com Zé Rainha, dirigente da FNL, sobre sua trajetória de luta e os desafios dos socialistas no Brasil; uma entrevista com Antônia Cariongo, dirigente quilombola e do PSOL-MA; e artigos de Luiz Fernando Santos, sobre a lógica marxista e a Amazônia, e de Marcela Durante, do Setorial Ecossocialista do PSOL. O segundo dossiê traz algumas análises iniciais sobre a pandemia de coronavírus. Há artigos de Mike Davis e Daniel Tanuro; documentos do MES e do Bureau da IV Internacional; além de uma densa análise de nossas companheiras Evelin Minowa, Joyce Martins, Luana Alves, Natália Peccin Gonçalves, Natalia Pennachioni e Vanessa Couto e de um artigo do camarada Bruno Magalhães. A seção de depoimentos traz um instigante artigo de Pedro Fuentes sobre a história de seu irmão Luis Pujals, o primeiro desaparecido político da história da Argentina. Já a seção internacional traz uma análise do sociólogo William I. Robinson sobre a situação latino-americana.