Sâmia e bancada do PSOL apresentam projeto para criar fila única para atender pacientes com COVID-19
Reprodução

Sâmia e bancada do PSOL apresentam projeto para criar fila única para atender pacientes com COVID-19

Deputados querem assegurar que todos os brasileiros tenham igualdade de tratamento.

Equipe Sâmia Bomfim 9 Maio 2020, 15:42

A deputada Sâmia Bomfim e a bancada do PSOL na Câmara apresentaram, nesta quinta-feira, um projeto de lei para criar uma fila única emergencial para gestão de leitos hospitalares, abrangendo os sistemas público e privado.

Leia aqui.

O intuito é que o SUS controle e gerencie todos os leitos hospitalares do Brasil, garantindo igualdade de atendimento para todos os brasileiros que estão lutando contra o COVID-19. O projeto inclui leitos estatais de gestão federal, estadual ou municipal, leitos de hospitais universitários e militares, leitos de serviços filantrópicos e privados com ou sem fins lucrativos

“Os leitos dos hospitais públicos estão quase esgotados, como mostram diversas reportagens. Por outro lado, sabemos que muitos hospitais particulares não chegaram nem na metade de lotação de seus leitos. Por isso, é preciso haver um controle do SUS para que todos os brasileiros tenham o mesmo acesso ao tratamento do Covid-19. Não é justo que só os mais pobres morram, enquanto os mais ricos fazem carreata e burlam a quarentena, porque sabem que terão atendimento garantido”, diz Sâmia.

O PL também prevê que a fila única emergencial seja implantada somente enquanto durarem os efeitos da situação de emergência de saúde pública e do estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020.

Artigo originalmente publicado no site da deputada Sâmia Bomfim.

Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
Na 16ª edição, estão disponíveis dois dossiês. No primeiro, sobre o ecossocialismo, podem-se se encontrar as recentes teses de Michael Löwy, além de uma entrevista com o sociólogo e dirigente da IV Internacional. Também publicamos uma entrevista com Zé Rainha, dirigente da FNL, sobre sua trajetória de luta e os desafios dos socialistas no Brasil; uma entrevista com Antônia Cariongo, dirigente quilombola e do PSOL-MA; e artigos de Luiz Fernando Santos, sobre a lógica marxista e a Amazônia, e de Marcela Durante, do Setorial Ecossocialista do PSOL. O segundo dossiê traz algumas análises iniciais sobre a pandemia de coronavírus. Há artigos de Mike Davis e Daniel Tanuro; documentos do MES e do Bureau da IV Internacional; além de uma densa análise de nossas companheiras Evelin Minowa, Joyce Martins, Luana Alves, Natália Peccin Gonçalves, Natalia Pennachioni e Vanessa Couto e de um artigo do camarada Bruno Magalhães. A seção de depoimentos traz um instigante artigo de Pedro Fuentes sobre a história de seu irmão Luis Pujals, o primeiro desaparecido político da história da Argentina. Já a seção internacional traz uma análise do sociólogo William I. Robinson sobre a situação latino-americana.