Nova edição da Revista Movimento traz dossiê dos 100 anos da morte de Lênin
WhatsApp-Image-2024-01-30-at-09.01.58

Nova edição da Revista Movimento traz dossiê dos 100 anos da morte de Lênin

Leia a apresentação da nova edição da Revista Movimento sobre o centenário de Lênin e assine a Revista!

Camila Souza e Thiago Aguiar 30 jan 2024, 12:09

Imagem: Vittorio Audi

Iniciamos 2024 publicando um dossiê sobre o revolucionário russo Vladimir Lênin, cuja morte completou cem anos em 21 de janeiro. Nele, discutimos o legado do líder da Revolução Russa com artigos que resgatam o cerne da teoria leninista e buscam atualizar seu pensamento diante dos desafios que a esquerda enfrenta neste século XXI.

Em 100 anos sem Lênin, o mais completo líder da Revolução Comunista, Roberto Robaina resgata as tomadas de posição da liderança bolchevique na luta revolucionária russa, evidenciando o método marxista da “análise concreta da situação concreta” que permitiu sua intervenção precisa na luta de classes da época. Em seguida, publicamos entrevista com o dirigente Pedro Fuentes sobre a vida e obra de Lênin. Nela, o entrevistado analisa a ação leninista na Rússia do início do século XX, apontando os acertos de sua estratégia política. Já em Lênin e o Partido que não teme dizer seu nome, Israel Dutra, por sua vez, argumenta a respeito da centralidade que a construção partidária teve ao longos dos anos de ação política do líder bolchevique.

Em seguida, publicamos Para a questão das nacionalidades ou da “autonomização”, carta escrita por Lênin em 1922 na qual, como aponta Danilo Serafim em artigo de introdução ao documento, realiza uma defesa enfática do internacionalismo revolucionário, inaugurando uma polêmica que, nos anos seguintes, ditaria uma das principais diferenças entre os herdeiros dos princípios leninistas diante do stalinismo. Finalmente, com O Estado, a democracia e a revolução: um retorno a Lênin e 1917, resgatamos um importante artigo do filósofo e revolucionário francês Daniel Bensaïd sobre os princípios leninistas da ação no interior de um regime político burguês.

A edição trata, também, da conjuntura brasileira: Giulia Tadini faz um balanço das ações tomadas pelas forças democráticas brasileiras em resposta aos ataques golpistas de 8 de janeiro de 2023, apontando seus alcances e ineficiências até o momento. O economista da bancada do PSOL David Deccache, por sua vez, realiza um importante e minucioso balanço dos sentidos da política econômica do primeiro ano do novo governo Lula, a partir do qual fica claro o caráter inequivocamente neoliberal da agenda do ministro Fernando Haddad.

Na mesma seção, Lucci Laporta e Misa Gonçalves, por ocasião do Dia Nacional da Visibilidade Trans, celebrado em 29 de janeiro, discutem a importância e os desafios transfeminismo no interior da esquerda socialista brasileira. Finalizando a seção nacional, Letícia Chagas analisa a nova Lei Orgânica das Polícias
Militares, apontando, de uma perspectiva político-jurídica, os problemas que ela impõe para a luta pela desmilitarização das polícias no Brasil. Já na seção internacional, Carolina Ucha trata do debate da Questão Palestina no interior da esquerda brasileira a partir dos desdobramentos da guerra promovida por Israel em Gaza.

Em seguida, na nova seção “Notas de Leitura”, publicamos duas resenhas sobre importantes livros lançados no Brasil recentemente. Carla Zanella debate Tudo isso é feminismo?, escrito por Fernanda Melchionna, enquanto Bruno Zaidan trata da defesa da psicanálise realizada em Ciência pouca é bobagem por Gilson Iannini e Christian Dunker. A seguir, em Um comunista militante, Israel Dutra presta sua homenagem ao teórico italiano Antônio Negri, importante figura do comunismo internacional, falecido no último mês de dezembro.

Concluindo a edição, na seção de documentos, republicamos o balanço de Bruno Magalhães e Israel Dutra da VIII Conferência Nacional do Movimento Esquerda Socialista, ocorrida em dezembro de 2023, no qual os autores informam as discussões realizadas e as tarefas que se abrem para a corrente. Finalmente, em Grande greve geral na Argentina: assim se enfrenta a extrema direita, reproduzimos a análise de Israel Dutra sobre a resistência do movimento social argentino às medidas ultraliberais do presidente Javier Milei.

Após 46 edições da Revista Movimento, este número também inaugura uma nova equipe editorial, coordenada por Camila Souza Menezes, com o desejo de sucesso nas novas publicações da revista por Thiago Aguiar, que agora se despede de nosso trabalho editorial.

Boa leitura!

Assine a Revista Movimento em https://assinatura.movimentorevista.com.br/


TV Movimento

Desenvolvimento Econômico e Preservação Ambiental: uma luta antineoliberal e anticapitalista

Assista à Aula 02 do curso do canal "Crítica Marxista", uma iniciativa de formação política da Fundação Lauro Campos e Marielle Franco, do PSOL, em parceria com a Revista Movimento. Acompanhe nosso site para conferir a programação completa do curso: https://flcmf.org.br.

Neofascismo e Negacionismo Climático: uma luta internacional

Curso de formação política sobre emergência climática e luta ecossocialista! Assista à Aula 01 do novo curso do canal "Crítica Marxista", uma iniciativa de formação política da Fundação Lauro Campos e Marielle Franco, do PSOL, em parceria com a Revista Movimento. Acompanhe o site da PLCMF para conferir a programação completa do curso: https://flcmf.org.br

Contra a extrema direita na França!

Oliver Besancenot, militante do Novo Partido Anticapitalista (NPA), fala sobre as tarefas da esquerda e os desafios da luta contra a extrema direita no país
Editorial
Israel Dutra e Roberto Robaina | 17 jul 2024

Se aproximam as eleições municipais: colocar o programa no centro da atividade política

As próximas eleições municipais brasileiras serão uma etapa importante da luta contra a extrema direita
Se aproximam as eleições municipais: colocar o programa no centro da atividade política
Edição Mensal
Capa da última edição da Revista Movimento
Revista Movimento nº 51
Esta edição da Revista tem como centro temático um “Dossiê: Transviando o marxismo”, por ocasião ao mês do Mês do Orgulho LGBTQIA+. Ela começa com o texto Manifesto Marxista-Pajubá que se propõe a imprimir uma perspectiva marxista à luta de travestis e demais pessoas trans e às formulações respectivas à transgeneridade. Organizado pelo Núcleo Pajubá do MES, este manifesto oferece um espaço de reflexão, resistência e articulação política, onde vozes diversas e potentes se encontram para desafiar o status quo opressor e explorador e construir lutas de emancipação.
Ler mais

Podcast Em Movimento

Colunistas

Ver todos

Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta edição da Revista tem como centro temático um “Dossiê: Transviando o marxismo”, por ocasião ao mês do Mês do Orgulho LGBTQIA+. Ela começa com o texto Manifesto Marxista-Pajubá que se propõe a imprimir uma perspectiva marxista à luta de travestis e demais pessoas trans e às formulações respectivas à transgeneridade. Organizado pelo Núcleo Pajubá do MES, este manifesto oferece um espaço de reflexão, resistência e articulação política, onde vozes diversas e potentes se encontram para desafiar o status quo opressor e explorador e construir lutas de emancipação.