Para a liberdade e luta
Adria Meira

Para a liberdade e luta

Em homenagem à data de nascimento do poeta, reproduzimos um de seus poemas desejando que suas palavras possam seguir inspirando nossos leitores na luta por um mundo melhor.

Paulo Leminski 24 ago 2017, 21:13

P

aulo Leminski nasceu em 24 de agosto de 1944 em Curitiba. Morreu na mesma cidade apenas 44 anos depois. É considerado um dos principais poetas brasileiros da segunda metade do século passado. Em homenagem ao aniversário da data de nascimento do autor, publicamos o poema intitulado Para a liberdade em luta, no qual faz alusão à antiga corrente trotskista brasileira. Assim, a Revista Movimento deseja que suas palavras possam seguir inspirando nossos leitores na luta por um mundo melhor.

Para a liberdade e luta

Me enterrem com os trotskistas
na cova comum dos idealistas
onde jazem aqueles
que o poder não corrompeu

Me enterrem com meu coração
na beira do rio
onde o joelho ferido
tocou a pedra da paixão.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
“Enquanto os efeitos sanitários e econômicos da Covid-19 seguem fazendo-se sentir, escancarando a crise global do capitalismo, as lutas na América Latina começam a apresentar importantes conquistas no enfrentamento da extrema-direita continental. Na Bolívia, após meses de enfrentamentos e mobilização popular, a contundente vitória da chapa do MAS pôs fim ao governo ilegítimo e reacionário de Jeanine Áñez. No Chile, após as multitudinárias manifestações de 2019, o plebiscito levou a uma vitória esmagadora em favor de uma nova constituição elaborada por assembleia exclusiva. Na campanha eleitoral estadunidense em curso, está em jogo a possibilidade de derrotar o trumpismo, que anima movimentos neofascistas e racistas naquele país e em todo o mundo. Ao mesmo tempo, as eleições municipais brasileiras abrem a possibilidade de construir uma alternativa nas cidades que contribua para isolar e derrotar o bolsonarismo. A décima oitava edição da Revista Movimento debruça-se sobre esses processos de mobilização nas ruas e de enfrentamento eleitoral em curso”.