Revista Movimento Movimento Movimento: crítica, teoria e ação

Nas próximas semanas, nossa retrospectiva de 2017

Selecionamos aos nossos leitores uma retrospectiva das melhores publicações de nosso portal e da revista impressa em 2017. Diariamente, até 8 de janeiro, será possível encontrar estes materiais em nossa página no facebook.

"Camponeses" (1930) de Kazimir Malevich
"Camponeses" (1930) de Kazimir Malevich

Em 2017, inauguramos nosso portal e tivemos a oportunidade de expandir o trabalho editorial que fazemos com nossa Revista Movimento impressa. Por sinal, nossa publicação completará 2 anos em abril e para marcar esta data realizaremos uma série de atividades e novas iniciativas em nosso portal.

Até a retomada de nossos trabalhos em 2018, teremos duas semanas de recesso em que selecionamos aos nossos leitores uma retrospectiva das melhores publicações de nosso portal e da revista impressa em 2017. Diariamente, até 8 de janeiro, será possível encontrar estes materiais em nossa página no facebook. Na sequência, voltaremos com nossas atividades de seleção de materiais, difusão de nossas posições e tradução do que de melhor vem sendo debatido nas publicações socialistas marxistas internacionais.

Aproveitamos a oportunidade para agradecer a todos os que colaboraram ao longo deste ano enviando artigos e sugestões de materiais, bem como a nossos leitores e companheiros de lutas. Desejamos a todos um excelente ano novo!

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Neste mês de março, preparamos uma nova edição da Revista Movimento, dedicada especialmente para a reflexão e elaboração política sobre a luta das mulheres. Selecionamos um conjunto de materiais - artigos teóricos, textos políticos, documentos e uma especial entrevista - com o intuito de aprofundar o esforço consciente demonstrado por nossa organização nos últimos anos em avançar na compreensão sobre o tipo de feminismo que defendemos, bem como sobre o papel essencial e a importância estratégica que a luta feminista tem para a construção de um projeto anticapitalista. Um desafio exigido pela atual conjuntura, marcada pela ascensão de governos de extrema-direita no mundo, na qual o movimento feminista tem se apresentado como contraponto e trincheira de resistência fundamental. Por isso, esta edição pretende, antes de mais nada, auxiliar e fortalecer nossas intervenções feministas nesse momento, a começar por duas datas muito significativas que inauguram este mês: o 8 e o 14 de março, dia em que se completará um ano do brutal assassinato de nossa companheira Marielle Franco. Esperamos que seja proveitoso e sirva como instrumento para as nossas batalhas. Boa leitura!

Solzinho

MES: Movimento Esquerda Socialista MES: Movimento Esquerda Socialista