Revista Movimento Movimento Movimento: crítica, teoria e ação

Justicia por Marielle e Anderson!

Marea Socialista condena o assassinato da vereadora Marielle Franco e exige justiça e celeridade no caso.

Manifestantes se reúnem em ato multirreligioso por Marielle no Rio - Ricardo Borges
Manifestantes se reúnem em ato multirreligioso por Marielle no Rio - Ricardo Borges

Desde Marea Socialista, nos unimos à tristeza que embarga os povos latino-americanos em consequência do covarde assassinato de nossa companheira e lutadora Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro pelo Partido Socialismo e Liberdade.

Esta profunda tristeza explica-se ao se comprovar que a violência e a morte se instalaram como métodos dos poderosos de calar a dissidência. Um tristeza que ao contrário de nos desmobilizar nos produz indignação, nos produz profundo mal-estar. Não podemos ficar tranquilos enquanto são os corpos das mulheres, os negros, os pobres, os ambientalistas, as trans, os que lutam contra a corrupção as principais vítimas desta violência assassina.

Nos somamos à exigência de justiça que deve ser assegurada a todo custo, coisa que não procederá como um trâmite burocrático mas como uma luta a se conquistar, porque a impunidade é a norma de um estado corrompido como o é o Estado brasileiro neste momento.

Saudamos com profundo respeito e carinho a nossos companheiros do PSOL e ao povo brasileiro em geral nesta dolorosa perda, que unifica toda a humanidade brasileira que opina que esse extenso e belo território pode ser compartilhado em tolerância, aceitação e respeito.

Por Marielle, uma mulher que sintetizava em sua luta um projeto de mundo distinto da barbárie capitalista.

15 de março de 2018

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Apresentamos uma revista especial sobre os 50 anos do Maio de 1968 com o orgulho de herdar uma tradição. Assim como a Comuna de 1871, a Revolução Russa de 1917 e as lutas contra as ditaduras na América Latina, consideramo-nos parte deste excepcional movimento mundial de luta política, protagonizado por jovens e trabalhadores de várias partes do mundo, como nas famosas barricadas de Paris. Consideramos suas lições e sua potência como atuais. Boa parte dos leitores da Revista Movimento participaram ativamente das Jornadas de Junho de 2013 em nosso país. Aos cinco anos deste acontecimento, queremos contribuir para o encontro e a síntese de tão distantes e ao mesmo tempo tão próximas gerações.

Solzinho

Uma biografia inédita de Stalin escrita por Leon Trotsky Uma biografia inédita de Stalin escrita por Leon Trotsky

Leon Trotsky Joseph Stalin

MES: Movimento Esquerda Socialista MES: Movimento Esquerda Socialista