Revista Movimento Movimento Movimento: crítica, teoria e ação

Nota do PSOL à embaixada do Paquistão

Partido exige que o Governo do Paquistão dê informações sobre o paradeiro de 7 ativistas detidos durante manifestação no último domingo.

Reprodução
Reprodução

Ao Embaixador do Paquistão no Brasil, Sr. Najm us Saqib

Tomamos conhecimento de que num ato público realizado nesse domingo (22/04/2018) em Karachi no Paquistão, pelo menos 7 ativistas foram levados presos pelas forças armadas paquistanesas. Seus pares políticos e familiares até agora não têm notícia nenhuma de seu paradeiro. Eles protestavam contra o desaparecimento de mais de 32 mil pessoas da minoria Pashtun no Paquistão.

Nós, que no Brasil acabamos de perder uma grande lutadora pelos direitos humanos, Marielle Franco, assassinada por defender direitos, nos identificamos com a luta legítima pelas liberdades democráticas que esses ativistas paquistaneses desenvolvem e repudiamos a utilização do Exército paquistanês contra o seu próprio povo.

Fomos informados de que os 7 desaparecidos desde esse domingo, são:

1. Karim Parhar, dirigente do PTM e RWF de Qetta

2. Attaullah Afridi, organizador do PYA em Karachi

3. Aftab Ashraf, organizador central do RWF

4. Umer Riaz, organizador de PYA em Islamabad

5. Zain ul Abideen, organizador central do PYA

6. Gulbaz, organizador do RWF na Cachemira

7. Bilawal Baloch, vice-secretário geral da Aliança Progressista da Juventude do PYA no Baluchistão

Exigimos que o Governo do Paquistão dê informações sobre o paradeiro desses 7 ativistas e que os liberte imediatamente. Queremos o reaparecimento dos 7 ativistas com vida!

Informamos que o nosso partido no Brasil mobilizará seus parlamentares e acionará as devidas entidades internacionais para acompanhar os desenvolvimentos deste caso.

Aguardamos ansiosos uma resposta do Embaixador, inclusive para que possamos agendar uma reunião sobre esta questão em Brasília.

Atenciosamente,

Secretaria de Relações Internacionais

Executiva Nacional do PSOL

Fonte: http://portaldelaizquierda.com/pt_br/2018/04/nota-do-psol-a-embaixada-do-paquistao/

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

A décima terceira edição da Revista Movimento dedica-se ao debate sobre os desafios da esquerda socialista no Brasil diante da crise nacional que se desenrola há anos e do governo Bolsonaro. Para tanto, foram convidados dirigentes do PSOL, do MES e de outras organizações revolucionárias que atuam no partido. O dossiê sobre a estratégia da esquerda e o PSOL reflete os desafios da organização de um polo socialista no interior do partido. Há também, na seção nacional, reflexões sobre a crise econômica brasileira, as revelações de The Intercept e as lutas da juventude e da negritude. As efemérides do centenário da escola Bauhaus e do cinquentenário do levante de Stonewall também aparecem no volume, além da tese das mulheres do MES para o Encontro de Mulheres do PSOL.

Ilustração da capa da Revista Movimento

MES: Movimento Esquerda Socialista MES: Movimento Esquerda Socialista