Revista Movimento Movimento Movimento: crítica, teoria e ação

Vai ter PSOL em MG

A candidatura de Dirlene Marques aparece em 4º lugar nas últimas pesquisas de intenções para o governo de Minas Gerais.

Dirlene Marques e Sara Azevedo - Reprodução
Dirlene Marques e Sara Azevedo - Reprodução

Nas eleições de 2018, no estado de Minas Gerais, as primeiras pesquisas divulgadas mostram as o descontentamento do povo contra os velhos políticos. A pesquisa divulgada hoje pelo DataPoder360 apresenta a marca de 27 a 30% de brancos e nulos demonstrando o repúdio aos velhos políticos do regime e a decepção com o governo do estado, hoje de Fernando Pimentel (PT).

A partir disso, o PSOL surge como o novo. Sendo a única candidata mulher no pleito, Dirlene Marques, apresenta a radicalidade do discurso em oposição aos 3 candidatos a sua frente. Apontada em 4° lugar com 5% das intenções de votos, demonstram a força das nossas idéias e o crescente espaço a esquerda no estado.

Temos ainda um caminho a percorrer, porém largamos na frente e vamos disputar pra chegar no segundo turno.

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

A décima terceira edição da Revista Movimento dedica-se ao debate sobre os desafios da esquerda socialista no Brasil diante da crise nacional que se desenrola há anos e do governo Bolsonaro. Para tanto, foram convidados dirigentes do PSOL, do MES e de outras organizações revolucionárias que atuam no partido. O dossiê sobre a estratégia da esquerda e o PSOL reflete os desafios da organização de um polo socialista no interior do partido. Há também, na seção nacional, reflexões sobre a crise econômica brasileira, as revelações de The Intercept e as lutas da juventude e da negritude. As efemérides do centenário da escola Bauhaus e do cinquentenário do levante de Stonewall também aparecem no volume, além da tese das mulheres do MES para o Encontro de Mulheres do PSOL.

Ilustração da capa da Revista Movimento

MES: Movimento Esquerda Socialista MES: Movimento Esquerda Socialista