Deputada Luciana Genro protocola PEC para extinção da Justiça Militar do RS

Deputada Luciana Genro protocola PEC para extinção da Justiça Militar do RS

PEC prevê a extinção da Justiça Militar no Rio Grande do Sul.

Equipe Luciana Genro 7 jun 2019, 15:01

A deputada estadual Luciana Genro (PSOL) protocolou na quinta-feira (30/05) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 278/2019 que extingue a Justiça Militar do Rio Grande do Sul, incluindo o Tribunal Militar e os Conselhos de Justiça Militar. Para protocolar uma PEC são necessárias 19 assinaturas. Neste caso, foram 20 parlamentares signatários, incluindo a deputada Luciana Genro.

A proposta é a reapresentação da PEC nº 248/2015, do ex-deputado estadual Pedro Ruas, hoje coordenador da bancada do PSOL no Parlamento Gaúcho, e da PEC 222/2011, de autoria do ex-deputado Raul Pont, do PT.

Uma das justificativas para a extinção da Justiça Militar é de evitar que o Estado mobilize um volume significativo de recursos públicos para manter uma estrutura judiciária paralela. O custo do funcionamento da Justiça Militar por processo chega a quase R$ 30 mil, valor 12 vezes maior que a média do Tribunal de Justiça do Estado, onde o custo gira em torno de R$ 2,5 mil reais por processo. No Brasil, apenas 3 Estados mantêm essa estrutura: Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais. 

“Com os R$ 44 milhões de orçamento do Tribunal de Justiça Militar poderíamos quase dobrar os recursos para a UERGS, por exemplo.A demanda da Justiça Militar poderia ser absorvida pela Justiça Comum. Deputados de vários partidos assinaram a PEC, acredito que haja um ambiente político favorável ao debate desta medida”, disse Luciana. 

Os deputados que assinaram a proposição:

Luciana Genro (PSOL)
Luiz Fernando Mainardi (PT)
Zé Nunes (PT)
Valdeci Oliveira (PT)
Jefferson Fernandes (PT)
Edegar Pretto (PT)
Fernando Marroni (PT)
Pepe Vargas (PT)
Sofia Cavedon (PT)
Sérgio Peres (PRB)
Fran Somensi (PRB)
Sebastião Melo (MDB)
Fábio Branco (MDB)
Gabriel Souza (MDB)
Edson Brum (MDB)
Luiz Marenco (PDT)
Juliana Brizola (PDT)
Neri O Carteiro (SD)
Eric Lins (DEM)
Rodrigo Maroni (Podemos)

Artigo originalmente publicado no site de Luciana Genro.

Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
A décima terceira edição da Revista Movimento dedica-se ao debate sobre os desafios da esquerda socialista no Brasil diante da crise nacional que se desenrola há anos e do governo Bolsonaro. Para tanto, foram convidados dirigentes do PSOL, do MES e de outras organizações revolucionárias que atuam no partido. O dossiê sobre a estratégia da esquerda e o PSOL reflete os desafios da organização de um polo socialista no interior do partido. Há também, na seção nacional, reflexões sobre a crise econômica brasileira, as revelações de The Intercept e as lutas da juventude e da negritude. As efemérides do centenário da escola Bauhaus e do cinquentenário do levante de Stonewall também aparecem no volume, além da tese das mulheres do MES para o Encontro de Mulheres do PSOL.