Sâmia Bomfim e Toninho Vespoli exigem convocação de profissionais de saúde aprovados em concurso

Deputada federal e vereador denunciaram ao Ministério Público inação da prefeitura de São Paulo.

22 abr 2020, 19:55

A deputada federal Sâmia Bomfim e o vereador de SP Toninho Vespoli protocolaram uma denúncia no Ministério Público para que a prefeitura de São Paulo faça a convocação dos profissionais de saúde aprovados em concurso público.

Saiba mais aqui.

Com a pandemia do Covid-19, o sistema de saúde da cidade de São Paulo, epicentro da doença no Brasil, está sobrecarregado. Com isso, os profissionais de saúde têm trabalhado de forma extenuante. Ao haver profissionais já devidamente aprovados em concursos públicos, competentes e aptos ao trabalho, não há motivo para sigam ocorrendo apenas contratações precárias, por exemplo, para os hospitais de campanha, quando novos funcionários públicos efetivos podem se somar ao quadro do SUS.

“Esses trabalhadores merecem nosso respeito. Não podem ficar sujeitos às jornadas tão exaustivas. Está faltando profissionais na saúde, e é fundamental que a prefeitura convoque os profissionais que já foram aprovados nos concursos”, diz Toninho Vespoli.

Sâmia acrescenta que “não há nenhum impedimento legal para fazer o chamamento dos aprovados. Portanto, já que existem profissionais aptos para assumir esses cargos vagos, a prefeitura deve agir já e evitar um colapso ainda maior no sistema público de saúde”.

Artigo originalmente publicado no site da deputada.

Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima primeira edição da Revista Movimento, dedicada aos debates em curso do VII Congresso Nacional do PSOL. Nela encontram-se artigos de análise, polêmica e discussão programática para subsidiar os debates de nossos camaradas em todo o país e contribuir com a batalha pela pré-candidatura de nosso companheiro Glauber Braga à presidência da República pelo PSOL. A edição também conta com análises de importantes questões internacionais contemporâneas e de outros temas de interesse, como os desafios da luta pelo “Fora, Bolsonaro” e as crises hídrica e elétrica no Brasil. Num ano de 2021 ainda marcado pela tragédia da pandemia da Covid-19 e pelo descaso criminoso de governos em todo o mundo, lamentamos a perda de nosso grande camarada Tito Prado (1949-2021), militante internacionalista e dirigente de Nuevo Perú. A ele dedicamos esta edição de nossa revista e, em sua homenagem, publicamos artigos em sua memória. Boa leitura!