A Lista do Povo tem um candidato presidencial: Cristián Cuevas foi eleito com 43 votos
Reprodução

A Lista do Povo tem um candidato presidencial: Cristián Cuevas foi eleito com 43 votos

A Lista do Povo terá seu candidato presidencial. É Cristián Cuevas Zambrano, que foi ratificado pelo Tribunal Qualificador de Eleições (Tricel) daquela organização.

11 ago 2021, 17:46

A Lista do Povo terá seu candidato presidencial. É Cristián Cuevas Zambrano, que foi ratificado pelo Tribunal Qualificador de Eleições (Tricel) daquela organização.

A resolução do Tricel afirma que foram emitidos 73 votos válidos, dos quais 43 (58,9%) foram a favor de Cuevas como candidato presidencial da Lista do Povo. Os 30 votos restantes foram a favor da abstenção.

Cuevas, 52 anos, foi membro de vários partidos como o Comunista, Socialista e Convergência Social, o último dos quais renunciou depois que Gabriel Boric assinou o Acordo pela Paz e a Nova Constituição.

Ele também tem uma formação em sindicatos. Em 2007, ele foi presidente das empresas subcontratadas da Codelco e liderou a greve que tornou visível a Confederação dos Trabalhadores do Cobre (CTC).

Segundo a mídia Ex Ante, a candidatura de Cristián Cuevas será anunciada nesta sexta-feira à tarde.

Artigo originalmente publicado em El Mostrador. Reprodução da tradução realizada pelo Observatório Internacional do PSOL.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima primeira edição da Revista Movimento, dedicada aos debates em curso do VII Congresso Nacional do PSOL. Nela encontram-se artigos de análise, polêmica e discussão programática para subsidiar os debates de nossos camaradas em todo o país e contribuir com a batalha pela pré-candidatura de nosso companheiro Glauber Braga à presidência da República pelo PSOL. A edição também conta com análises de importantes questões internacionais contemporâneas e de outros temas de interesse, como os desafios da luta pelo “Fora, Bolsonaro” e as crises hídrica e elétrica no Brasil. Num ano de 2021 ainda marcado pela tragédia da pandemia da Covid-19 e pelo descaso criminoso de governos em todo o mundo, lamentamos a perda de nosso grande camarada Tito Prado (1949-2021), militante internacionalista e dirigente de Nuevo Perú. A ele dedicamos esta edição de nossa revista e, em sua homenagem, publicamos artigos em sua memória. Boa leitura!