Às ruas no 7 de Setembro: golpistas não passarão!

Às ruas no 7 de Setembro: golpistas não passarão!

É hora de massificar o chamado às ruas para o ato de 7 de setembro, o único caminho para defender as liberdades democráticas das provocações golpistas e para transformar a indignação popular em ação!

Secretariado Nacional do MES 25 ago 2021, 19:41

No próximo dia 7 de setembro, a extrema-direita irá às ruas em defesa do governo e de sua pauta golpista, querendo alentar aventuras com a agitação acerca do voto impresso. Tensionam em grupos de whatsapp, repercutindo falas como a de um comandante da PM de São Paulo, escalando ainda mais a linha do governo. Sergio Reis, evocando aos grandes latifundiários da soja no Centro-Oeste, chegou a afirmar que deveriam “quebrar as vidraças do STF”, num claro gesto de provocação.

Contudo, a oposição também convoca grandes manifestações contra o governo, seus planos e pelo “Fora, Bolsonaro”. Um cenário onde se medirão forças.

Motivos para a população ir às ruas não faltam. A inflação alcançou os maiores índices em muitos anos, jogando para cima o preço dos alimentos, dos aluguéis e dos combustíveis. O desemprego leva milhões de trabalhadores ao desespero, com o retorno à linha da pobreza, à fome e, nos casos extremos, à mendicância nos grandes centros urbanos. A crise energética é iminente. A conta de luz não pára de subir. O governo votou a destruição dos Correios como empresa pública e quer aprovar em breve a reforma administrativa que penaliza os servidores públicos de todas as esferas.

Esse cenário conforma a necessidade de massificar o chamado às ruas para o ato de 7 de setembro. As direções majoritárias devem mudar sua política de passividade e convocar com toda a força a resposta das ruas. Este é o único caminho para transformar a indignação com a piora das condições de vida em ação. Também é o único caminho para defender as liberdades democráticas das provocações golpistas. A militância do MES e do PSOL em todo país deve priorizar a construção das manifestações de 7 de setembro e mobilizar ao máximo para este dia decisivo, atuando em conjunto com as forças da iniciativa Povo na Rua, da Campanha Fora, Bolsonaro e de todos os setores da oposição que queiram ir às ruas, com unidade, amplitude e combatividade.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima primeira edição da Revista Movimento, dedicada aos debates em curso do VII Congresso Nacional do PSOL. Nela encontram-se artigos de análise, polêmica e discussão programática para subsidiar os debates de nossos camaradas em todo o país e contribuir com a batalha pela pré-candidatura de nosso companheiro Glauber Braga à presidência da República pelo PSOL. A edição também conta com análises de importantes questões internacionais contemporâneas e de outros temas de interesse, como os desafios da luta pelo “Fora, Bolsonaro” e as crises hídrica e elétrica no Brasil. Num ano de 2021 ainda marcado pela tragédia da pandemia da Covid-19 e pelo descaso criminoso de governos em todo o mundo, lamentamos a perda de nosso grande camarada Tito Prado (1949-2021), militante internacionalista e dirigente de Nuevo Perú. A ele dedicamos esta edição de nossa revista e, em sua homenagem, publicamos artigos em sua memória. Boa leitura!