O Carnaval Vermelho continua! Justiça suspende três ordens de reintegração de posse
Foto: FNL.

O Carnaval Vermelho continua! Justiça suspende três ordens de reintegração de posse

Os acampamentos nas fazendas Chácara Primavera, Lagoa Seca e Duas Meninas e Nossa Senhora de Lourdes, organizados pela FNL, conseguiram suspender a reintegração de posse.

Nathália Bittencurt 11 mar 2022, 10:59

O Tribunal de Justiça deu razão ao pedido de suspensão de reintegração de posse feito pelo escritório de advocacia Raul Marcelo e Rodrigo Chizolini, para três ocupações organizadas pela FNL durante a mobilização do Carnaval Vermelho, em fevereiro.

Os acampamentos nas fazendas Chácara Primavera e fazenda Lagoa Seca e Duas Meninas, no município de Rosana, e o acampamento construído na fazenda Nossa Senhora de Lourdes, em Presidente Bernardes, conquistaram assim mais tempo para pautar o uso social das terra públicas ociosas e pressionar pela distribuição da área para a reforma agrária.

O coordenador nacional da FNL, José Rainha, comemorou a decisão. “A Justiça deu razão para a nossa mobilização, para as mulheres que ocuparam o ITESP e o INCRA para lutar pelo direito à terra no 8 de março. Isso chegou ao Tribunal. O Pontal do Paranapanema é cheio de terras públicas, portanto o Pontal será o celeiro da reforma agrária.”

A FNL e o escritório jurídico ainda aguardam a decisão sobre outros pedidos de suspensão de reintegração de posse.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

   

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima quarta edição da Revista Movimento. Iniciando nossas publicações em 2022, preparamos uma edição com um dossiê de mulheres, organizado pelas mulheres do Movimento Esquerda Socialista (MES).