Revista Movimento Movimento Movimento: crítica, teoria e ação

Em nota, PSOL reafirma apoio à luta do povo palestino

Nota da Executiva Nacional do PSOL em apoio à causa palestina.

Avaazorg/CC
Avaazorg/CC

A Executiva Nacional do PSOL, delegada pelo 6º Congresso Nacional do partido, realizado em dezembro de 2017, e após analisar as diferentes propostas de resolução sobre o conflito entre Israel e Palestina apresentadas naquele fórum, aprovou, durante reunião no último final de semana, em São Paulo, a seguinte posição:

Recordando que em 2017 se completaram 50 anos de ocupação militar dos territórios palestinos da Cisjordânia e Faixa de Gaza, e do território sírio das Colinas de Golã, pelo Estado de Israel; lembrando que em 2018 se completam 70 anos de intensa e ininterrupta colonização contra o povo palestino; ressaltando que atualmente há mais de 5 milhões de palestinos/as refugiados/as pelo mundo; reconhecendo que dentro de Israel palestinos/as vivem sob um regime de discriminação racial institucionalizado; e considerando que as tecnologias e técnicas do regime israelense são importadas massivamente ao Brasil, aprofundando a repressão, racismo e militarização contrariamente os interesses do povo brasileiro.

Considerando o recente relatório da Organização das Nações Unidas – ONU (E/ESCWA/ECRI/2017/1) que conclui que Israel pratica o crime de apartheid contra o povo palestino; relembrando que em 2016 o Conselho de Segurança da ONU (S/RES/2334) reafirmou a ilegalidade dos assentamentos israelenses na Cisjordânia, incluindo Jerusalém Oriental; e observando o parecer de 2004 da Corte Internacional de Justiça sobre o Muro de Apartheid israelense, o qual determina a ilegalidade do Muro e ressalta a responsabilidade de Estados como o Brasil em pressionar Israel pelo cumprimento do direito internacional.

Cientes do chamado da sociedade civil palestina por Boicote, Desinvestimento e Sanções (BDS), como forma de solidariedade concreta e efetiva para romper vínculos institucionais econômicos, militares, políticos e acadêmicos com o regime israelense e empresas e instituições cúmplices de suas violações de direitos humanos; e considerando que as demandas da sociedade civil palestina como: i. o fim da ocupação e colonização dos territórios árabes ocupados em 1967 e o desmonte do Muro; ii. a igualdade de direitos aos palestinos/as cidadãos/ãs de Israel; e iii. o respeito e promoção do direito de retorno dos/as palestinos/as refugiados/as conforme estipulado na resolução 194 da ONU.

Resolvemos:

1. Reiterar nosso compromisso com a luta do povo palestino por liberdade, igualdade e justiça, apoiando seu direito inalienável à autodeterminação, a liberação dos/as presos/as políticos/as palestinos/as, e o retorno dos/as palestinos refugiados/as;

2. Reiterar nosso apoio ao movimento de Boicote, Desinvestimento e Sanções (BDS) e desenvolver e apoiar campanhas neste marco;

3. Intensificar nossos esforços por um embargo militar ao Estado israelense em consonância com nossas lutas contra a crescente militarização de nossa sociedade, a repressão dos movimentos sociais e o genocídio da população pobre e negra do Brasil;

4. Denunciar a decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital de Israel, contrariando as Nações Unidas e toda a legislação internacional sobre a região;

5. Reiterar nossa oposição a todas as formas de discriminação, incluindo o antisemitismo e a islamofobia, e a todas as formas de colonialismo e imperialismo.

6. Por um Estado palestino laico e não racista.

Fonte: http://www.psol50.org.br/em-nota-psol-reafirma-apoio-a-luta-do-povo-palestino/

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Esta é uma edição especial de nossa Revista Movimento. Como forma de contribuir para os debates que ocorrerão na VI Conferência Nacional de nossa corrente, o Movimento Esquerda Socialista, este volume reúne dois números da revista (7 e 8). Dessa forma, pretendemos oferecer à militância e a nossos aliados e leitores documentos que constam do temário oficial do evento, bem como materiais que possam subsidiar as discussões que se realizarão. Na expectativa de uma VI Conferência de debates proveitosos para nossa corrente, desejamos a todas e todos uma boa leitura deste volume!

Solzinho

Uma biografia inédita de Stalin escrita por Leon Trotsky Uma biografia inédita de Stalin escrita por Leon Trotsky

Leon Trotsky Joseph Stalin

MES: Movimento Esquerda Socialista MES: Movimento Esquerda Socialista