Revista Movimento Movimento Movimento: crítica, teoria e ação

Executiva Estadual do PSOL Potiguar em solidariedade ao povo palestino

PSOL Potiguar presta sua solidariedade ao povo palestino combatendo as posições sionistas no interior da esquerda brasileira.

PALESTINOS SÃO ATACADOS POR FORÇAS ISRAELENSES NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA - IBRAHEEM ABU MUSTAFA / Reuters
PALESTINOS SÃO ATACADOS POR FORÇAS ISRAELENSES NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA - IBRAHEEM ABU MUSTAFA / Reuters

A executiva estadual do PSOL Rio Grande do Norte vem por meio desta nota reiterar a acertada posição expressa pelo documento “Repúdio à covarde repressão de Isral na Faixa de Gaza” de nossa secretaria de relações internacionais e aprovada na executiva nacional do partido.

A tradição internacionalista de nosso partido não pode deixar de prestar solidariedade ativa e militante aos palestinos, ainda mais em um momento que o Estado Imperialista de Israel, capitaneado por Benjamin Netanyahu avança em sua escalada de repressão.

Dezessete mortos e 1400 feridos foram o saldo de sua última ação repressiva.

O massacre realizado durante a Marcha do Retorno deve ser repudiado não só por toda a esquerda revolucionária, mas também por democratas e humanistas de todo o mundo.

Também nos solidarizamos ao nosso secretário Israel Dutra que, por conta da firme e acertada posição, vem sendo atacado de forma covarde por aqueles que buscam desesperadamente mediações para sustentar o imponderável.

O Estado de Israel é responsável por essas mortes. Sanções mais duras ao Estado de Israel são urgentes.

Pelo fim do Genocídio do Povo Palestino.

Pela ampliação do Boicote ao estado Genocida de Israel.

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

A décima terceira edição da Revista Movimento dedica-se ao debate sobre os desafios da esquerda socialista no Brasil diante da crise nacional que se desenrola há anos e do governo Bolsonaro. Para tanto, foram convidados dirigentes do PSOL, do MES e de outras organizações revolucionárias que atuam no partido. O dossiê sobre a estratégia da esquerda e o PSOL reflete os desafios da organização de um polo socialista no interior do partido. Há também, na seção nacional, reflexões sobre a crise econômica brasileira, as revelações de The Intercept e as lutas da juventude e da negritude. As efemérides do centenário da escola Bauhaus e do cinquentenário do levante de Stonewall também aparecem no volume, além da tese das mulheres do MES para o Encontro de Mulheres do PSOL.

Ilustração da capa da Revista Movimento

MES: Movimento Esquerda Socialista MES: Movimento Esquerda Socialista