No Rio, nos unimos em apoio a Glenn Greenwald
Foto: Fernanda Piccolo/PSOL

No Rio, nos unimos em apoio a Glenn Greenwald

Uma união pela democracia, pela liberdade de imprensa e pelo direito à informação.

Roberto Robaina 31 jul 2019, 18:16

Uma união pela democracia, pela liberdade de imprensa e pelo direito à informação. Participei, ao lado da Luciana Genro e da Fernanda Melchionna, do ato em apoio ao jornalista Gleen Greenwald, um dos fundadores do The Intercept, na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro.

Foi uma mobilização necessária diante dos ataques que Bolsonaro explicitamente tem feito ao trabalho de Greenwald e às prerrogativas constitucionais do exercício de sua profissão. O evento tornou-se uma grande rede de solidariedade, com a presença de artistas do peso de Chico Buarque, Wagner Moura, Julia Lemmertz, Camila Pitanga, Maria Gadú, entre outros. Glenn deixou seu recado a Bolsonaro: não deixará o país, tampouco se intimidará com ameaças. Resistiremos!

Artigo originalmente publicado no site do autor.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
Na 16ª edição, estão disponíveis dois dossiês. No primeiro, sobre o ecossocialismo, podem-se se encontrar as recentes teses de Michael Löwy, além de uma entrevista com o sociólogo e dirigente da IV Internacional. Também publicamos uma entrevista com Zé Rainha, dirigente da FNL, sobre sua trajetória de luta e os desafios dos socialistas no Brasil; uma entrevista com Antônia Cariongo, dirigente quilombola e do PSOL-MA; e artigos de Luiz Fernando Santos, sobre a lógica marxista e a Amazônia, e de Marcela Durante, do Setorial Ecossocialista do PSOL. O segundo dossiê traz algumas análises iniciais sobre a pandemia de coronavírus. Há artigos de Mike Davis e Daniel Tanuro; documentos do MES e do Bureau da IV Internacional; além de uma densa análise de nossas companheiras Evelin Minowa, Joyce Martins, Luana Alves, Natália Peccin Gonçalves, Natalia Pennachioni e Vanessa Couto e de um artigo do camarada Bruno Magalhães. A seção de depoimentos traz um instigante artigo de Pedro Fuentes sobre a história de seu irmão Luis Pujals, o primeiro desaparecido político da história da Argentina. Já a seção internacional traz uma análise do sociólogo William I. Robinson sobre a situação latino-americana.