É preciso parar os feminicídios!

Dez mulheres foram assassinadas por serem mulheres em janeiro no RS.

Equipe Luciana Genro 18 fev 2020, 13:55

Dez mulheres foram assassinadas por serem mulheres em janeiro no RS. Uma alta de 233% comparado a janeiro de 2019, quando três mulheres foram mortas no Estado. O crescimento alarmante só reforça o que já falamos por aqui: faltam políticas públicas sérias para combater esses crimes.

Em setembro do ano passado o mandato da deputada Luciana Genro (PSOL) promoveu uma audiência pública para debater a situação da rede de acolhimento às mulheres vítimas de violência no Estado, na qual ficou evidente o descaso e a negligência do governo Leite para a política de mulheres.

Seminário discute combate a feminicídios no RS e situação da rede de proteção às mulheres
Deputados encaminham projeto para tornar política pública a reeducação de homens agressores

Cobramos a indicação de diretora para o Departamento de Políticas para Mulheres, que ficou sem direção até outubro, bem como a ampliação da equipe do Centro Estadual de Referência da Mulher Vânia Araújo, o fortalecimento da patrulha Maria da Penha, da Brigada Militar, e a ampliação do horário de atendimento das Delegacias Especializadas da Mulher no interior do Estado.

Ainda no ano passado, o mandato destinou R$ 500 mil em emendas para o combate à violência contra as mulheres, prevenção e aparelhamento do Centro Vânia Araújo e do Conselho Estadual das Mulheres. Também temos apoiado o trabalho da Mirabal, casa que acolhe mulheres em situação de risco.

Leia a íntegra da Emenda para o Centro Vânia Araújo Machado
Leia a íntegra da Emenda para o Conselho Estadual de Direito da Mulher

A deputada Luciana Genro também fundou, em 2017, a Emancipa Mulher uma escola femininista e antirracista que promove formação para mulheres fortalecerem a luta e o combate ao machismo e aos diferentes tipos de violência; aulas de defesa pessoal e assistência jurídica gratuita para vítimas de violência. Estamos na luta para garantir direitos e empoderar as mulheres!

#BastaDeFeminicídio #NenhumaAMenos

Artigo originalmente publicado no site da deputada Luciana Genro.

Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima primeira edição da Revista Movimento, dedicada aos debates em curso do VII Congresso Nacional do PSOL. Nela encontram-se artigos de análise, polêmica e discussão programática para subsidiar os debates de nossos camaradas em todo o país e contribuir com a batalha pela pré-candidatura de nosso companheiro Glauber Braga à presidência da República pelo PSOL. A edição também conta com análises de importantes questões internacionais contemporâneas e de outros temas de interesse, como os desafios da luta pelo “Fora, Bolsonaro” e as crises hídrica e elétrica no Brasil. Num ano de 2021 ainda marcado pela tragédia da pandemia da Covid-19 e pelo descaso criminoso de governos em todo o mundo, lamentamos a perda de nosso grande camarada Tito Prado (1949-2021), militante internacionalista e dirigente de Nuevo Perú. A ele dedicamos esta edição de nossa revista e, em sua homenagem, publicamos artigos em sua memória. Boa leitura!