Bancada do PSOL reforça pedido para Câmara adiar votação da MP da grilagem

Bancada do PSOL reforça pedido para Câmara adiar votação da MP da grilagem

Para Sâmia Bomfim, governo Bolsonaro quer aproveitar pandemia para atacar o meio ambiente.

Equipe Sâmia Bomfim 14 maio 2020, 17:36

A deputada Sâmia Bomfim e a bancada do PSOL são contra a votação da Medida Provisória 910, conhecida como MP da grilagem, na Câmara dos Deputados.

Por isso, os parlamentares assinaram o pedido de não inclusão da pauta, organizado pela Frente Parlamentar Ambientalista. Além de Sâmia e dos deputados do PSOL, o documento reuniu assinaturas de ex-ministros e representantes de organizações da sociedade civil. A carta será enviada ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Clique aqui para ler

“A trupe de Bolsonaro quer aproveitar esse momento de pandemia para atacar ainda mais o meio ambiente e a população indígena. Essa medida é absurda porque regulariza a grilagem, ou seja, transforma os invasores de terras indígenas em proprietários legais”, diz Sâmia.

De acordo com a carta, não há condições de votar a medida neste momento, com essa pressa, porque “sem garantia de um debate aberto à sociedade, com participação das principais entidades que atuam no tema, não conseguiremos produzir uma lei que tenha a devida legitimidade”.

Artigo originalmente publicado no site da deputada.

Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
Publicamos a décima sétima edição da Revista Movimento ainda sob o impacto da pandemia da Covid-19. Em todo o mundo, as contradições acumulam-se. Este volume está dedicado à análise de várias dimensões desta verdadeira crise global e de seus desdobramentos. Com destaque, tratamos da mobilização antirracista nos Estados Unidos e no mundo, iniciada após o assassinato de George Floyd, e da situação brasileira, discutindo a crise do governo Bolsonaro e as recentes manifestações dos trabalhadores por aplicativos.