PSOL quer convocar Salles para que explique combate às queimadas no Pantanal

Bancada do partido apresentou requerimento de convocação do Ministro do Meio Ambiente à Câmara.

Equipe Sâmia Bomfim 18 set 2020, 19:07

A grave situação das queimadas no Pantanal fez com que o PSOL apresentasse um requerimento de convocação do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A bancada quer que Salles explique, em sessão virtual, as ações de proteção, fiscalização e combate aos incêndios na região pantaneira.

Dados do Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais da Universidade do Rio de Janeiro apontam que o fogo já atingiu cerca de 14,6% da área total, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o pior cenário dos últimos anos. A prática das queimadas como método de manejo de pastagens é um dos maiores inimigos do Pantanal, aliado ao período de seca.

O PSOL questiona sobre as ações do governo federal junto aos estados, o efetivo, estrutura e recursos utilizados e a proteção dos povos e comunidades residentes na região pantaneira.

“À frente do Ministério, Salles precisa esclarecer a finalidade explícita de fragilizar a ação do Estado brasileiro na proteção ao meio ambiente e as consequências desta política diante das recorrentes crises ambientais no Brasil nos últimos anos”, ressalta a bancada no requerimento.

O requerimento foi protocolado na última sexta-feira, 11/09.

Veja o requerimento.

Artigo originalmente publicado no site da deputada Sâmia Bomfim.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima primeira edição da Revista Movimento, dedicada aos debates em curso do VII Congresso Nacional do PSOL. Nela encontram-se artigos de análise, polêmica e discussão programática para subsidiar os debates de nossos camaradas em todo o país e contribuir com a batalha pela pré-candidatura de nosso companheiro Glauber Braga à presidência da República pelo PSOL. A edição também conta com análises de importantes questões internacionais contemporâneas e de outros temas de interesse, como os desafios da luta pelo “Fora, Bolsonaro” e as crises hídrica e elétrica no Brasil. Num ano de 2021 ainda marcado pela tragédia da pandemia da Covid-19 e pelo descaso criminoso de governos em todo o mundo, lamentamos a perda de nosso grande camarada Tito Prado (1949-2021), militante internacionalista e dirigente de Nuevo Perú. A ele dedicamos esta edição de nossa revista e, em sua homenagem, publicamos artigos em sua memória. Boa leitura!