Deputado do PSOL pede que ALRN suspenda publicidade na Tribuna do Norte enquanto mantiver colunista que ameaçou comunistas

De acordo com Sandro Pimentel, a Tribuna do Norte se mostra conivente com ações antidemocráticas ao manter Medeiros nos quadros da empresa.

Rafael Duarte 18 fev 2021, 14:45

O deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) protocolou nesta quinta-feira (18) requerimento na Assembleia Legislativa pedindo a suspensão de todos os contratos publicitários da Casa com o jornal Tribunal do Norte enquanto o colunista Alex Medeiros seguir trabalhando na empresa.

O pedido foi feito em razão da ameaça de Medeiros contra militantes comunistas. Na terça-feira (16), o colunista publicou nas redes sociais a imagem de uma pistola Glock 9mm com a frase:

– Aponte para assaltantes e comunistas, não necessariamente nesta ordem”.

A postagem foi feita no perfil pessoal de Alex Medeiros, mas vários internautas cobraram um posicionamento do jornal, empresa que emprega o colunista desde que o ex-presidente da FIERN Flávio Azevedo assumiu a direção.

De acordo com Sandro Pimentel, a Tribuna do Norte se mostra conivente com ações antidemocráticas ao manter Medeiros nos quadros da empresa:

“A incitação ao ódio e a violência não podem ser tolerados em ambientes democráticos. Quando um jornalista faz uma postagem como essa, ele está ferindo o princípio básico de liberdade de pensamento. E, ao manter o referido jornalista em seu quadro de colunistas, o jornal Tribuna do Norte se mostra conivente com essas ações antidemocráticas, criminosas e com a prática de perseguição de ideologias”, afirma o parlamentar.

Requerimento foi protocolado hoje (18) na Assembleia Legislativa do RN / foto: Eduardo Maia

Pimentel ainda ressaltou que “a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte precisa ter uma postura exemplar e não pode se dispor a financiar qualquer instituição que não se coloque expressamente a favor da democracia e das liberdades”.

Robério Paulino também pedirá suspensão dos contratos da Câmara Municipal com o jornal

O ofensiva contra o jornal foi definida na reunião do partido realizada na quarta-feira (17). A Agência Saiba Mais apurou que o PSOL orientou o vereador Robério Paulino a protocolar requerimento semelhante pedindo a suspensão dos contratos de publicidade da Câmara Municipal com o jornal.

Procurado pela reportagem para comentar o episódio, o parlamentar confirmou:

– Pretendemos sim. Se der tempo já falo disso hoje na sessão”, afirmou

Nesta quinta-feira (18) a CMN receberá, a partir das 14h, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) para a leitura da mensagem anual na Casa.

“Não cabe a mim censurar ninguém. Como dizem os ingleses: no coments”, rebate diretor da Tribuna do Norte

Agência Saiba Mais procurou o empresário e diretor da Tribuna do Norte Flávio Azevedo para comentar o requerimento do PSOL junto a Assembleia Legislativa, pedindo que a Casa suspenda os contratos de publicidade que mantém com o jornal enquanto Alex Medeiros seguir colunista.

Ele classificou como “censura” o pedido do deputado Sandro Pimentel.

“A Tribuna do Norte é um jornal com mais de 70 anos de idade e não temos nenhuma resposta sobre esse assunto. Me admira muito um deputado querer que a Tribuna censure alguém”, disse.

Questionado sobre a postagem que ameaça com uma arma adversários políticos, o empresário não avaliou o conteúdo e se esquivou da responsabilidade do jornal:

– O que eu sei é que um articulista nosso, que escreve em outros espaços privados, fez uma publicação. Não cabe a mim fazer censura. Como dizem os norte-americanos e os ingleses: no coments”, afirmou.

Colunista ironiza reações à postagem sobre ameaça

Alex Medeiros ironizou as reações de militantes de esquerda sobre a postagem dele ameaçando comunistas e, nesta quinta-feira, trocou a foto do perfil no twitter colocando no lugar a imagem de uma pistola.

PCdoB, PSOL, PT, Unidade Popular vão acionar MP contra Medeiros

Após a repercussão da postagem de Medeiros, o PCdoB, PSOL, PT e Unidade Popular se manifestaram e anunciaram que farão representação junto ao Ministério Público evocando o artigo 286 do código penal contra o colunista por suposto crime de incitar, publicamente, a violência. A pena é de três a seis meses de cadeia, ou multa.

Artigo originalmente publicado no site do Saiba Mais.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é uma edição especial de nossa Revista Movimento, de números 19 e 20. Nela, publicamos um dossiê que celebra os 150 anos de nascimento de Rosa Luxemburgo, vinculado à iniciativa coordenada por nossa camarada Luciana Genro: o curso da Escola Marx “150 anos de Rosa Luxemburgo: pensamento e ação”.