Deputado do PSOL pede que ALRN suspenda publicidade na Tribuna do Norte enquanto mantiver colunista que ameaçou comunistas
Reprodução

Deputado do PSOL pede que ALRN suspenda publicidade na Tribuna do Norte enquanto mantiver colunista que ameaçou comunistas

De acordo com Sandro Pimentel, a Tribuna do Norte se mostra conivente com ações antidemocráticas ao manter Medeiros nos quadros da empresa.

Rafael Duarte 18 fev 2021, 14:45

O deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) protocolou nesta quinta-feira (18) requerimento na Assembleia Legislativa pedindo a suspensão de todos os contratos publicitários da Casa com o jornal Tribunal do Norte enquanto o colunista Alex Medeiros seguir trabalhando na empresa.

O pedido foi feito em razão da ameaça de Medeiros contra militantes comunistas. Na terça-feira (16), o colunista publicou nas redes sociais a imagem de uma pistola Glock 9mm com a frase:

– Aponte para assaltantes e comunistas, não necessariamente nesta ordem”.

A postagem foi feita no perfil pessoal de Alex Medeiros, mas vários internautas cobraram um posicionamento do jornal, empresa que emprega o colunista desde que o ex-presidente da FIERN Flávio Azevedo assumiu a direção.

De acordo com Sandro Pimentel, a Tribuna do Norte se mostra conivente com ações antidemocráticas ao manter Medeiros nos quadros da empresa:

“A incitação ao ódio e a violência não podem ser tolerados em ambientes democráticos. Quando um jornalista faz uma postagem como essa, ele está ferindo o princípio básico de liberdade de pensamento. E, ao manter o referido jornalista em seu quadro de colunistas, o jornal Tribuna do Norte se mostra conivente com essas ações antidemocráticas, criminosas e com a prática de perseguição de ideologias”, afirma o parlamentar.

Requerimento foi protocolado hoje (18) na Assembleia Legislativa do RN / foto: Eduardo Maia

Pimentel ainda ressaltou que “a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte precisa ter uma postura exemplar e não pode se dispor a financiar qualquer instituição que não se coloque expressamente a favor da democracia e das liberdades”.

Robério Paulino também pedirá suspensão dos contratos da Câmara Municipal com o jornal

O ofensiva contra o jornal foi definida na reunião do partido realizada na quarta-feira (17). A Agência Saiba Mais apurou que o PSOL orientou o vereador Robério Paulino a protocolar requerimento semelhante pedindo a suspensão dos contratos de publicidade da Câmara Municipal com o jornal.

Procurado pela reportagem para comentar o episódio, o parlamentar confirmou:

– Pretendemos sim. Se der tempo já falo disso hoje na sessão”, afirmou

Nesta quinta-feira (18) a CMN receberá, a partir das 14h, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) para a leitura da mensagem anual na Casa.

“Não cabe a mim censurar ninguém. Como dizem os ingleses: no coments”, rebate diretor da Tribuna do Norte

Agência Saiba Mais procurou o empresário e diretor da Tribuna do Norte Flávio Azevedo para comentar o requerimento do PSOL junto a Assembleia Legislativa, pedindo que a Casa suspenda os contratos de publicidade que mantém com o jornal enquanto Alex Medeiros seguir colunista.

Ele classificou como “censura” o pedido do deputado Sandro Pimentel.

“A Tribuna do Norte é um jornal com mais de 70 anos de idade e não temos nenhuma resposta sobre esse assunto. Me admira muito um deputado querer que a Tribuna censure alguém”, disse.

Questionado sobre a postagem que ameaça com uma arma adversários políticos, o empresário não avaliou o conteúdo e se esquivou da responsabilidade do jornal:

– O que eu sei é que um articulista nosso, que escreve em outros espaços privados, fez uma publicação. Não cabe a mim fazer censura. Como dizem os norte-americanos e os ingleses: no coments”, afirmou.

Colunista ironiza reações à postagem sobre ameaça

Alex Medeiros ironizou as reações de militantes de esquerda sobre a postagem dele ameaçando comunistas e, nesta quinta-feira, trocou a foto do perfil no twitter colocando no lugar a imagem de uma pistola.

PCdoB, PSOL, PT, Unidade Popular vão acionar MP contra Medeiros

Após a repercussão da postagem de Medeiros, o PCdoB, PSOL, PT e Unidade Popular se manifestaram e anunciaram que farão representação junto ao Ministério Público evocando o artigo 286 do código penal contra o colunista por suposto crime de incitar, publicamente, a violência. A pena é de três a seis meses de cadeia, ou multa.

Artigo originalmente publicado no site do Saiba Mais.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
“Enquanto os efeitos sanitários e econômicos da Covid-19 seguem fazendo-se sentir, escancarando a crise global do capitalismo, as lutas na América Latina começam a apresentar importantes conquistas no enfrentamento da extrema-direita continental. Na Bolívia, após meses de enfrentamentos e mobilização popular, a contundente vitória da chapa do MAS pôs fim ao governo ilegítimo e reacionário de Jeanine Áñez. No Chile, após as multitudinárias manifestações de 2019, o plebiscito levou a uma vitória esmagadora em favor de uma nova constituição elaborada por assembleia exclusiva. Na campanha eleitoral estadunidense em curso, está em jogo a possibilidade de derrotar o trumpismo, que anima movimentos neofascistas e racistas naquele país e em todo o mundo. Ao mesmo tempo, as eleições municipais brasileiras abrem a possibilidade de construir uma alternativa nas cidades que contribua para isolar e derrotar o bolsonarismo. A décima oitava edição da Revista Movimento debruça-se sobre esses processos de mobilização nas ruas e de enfrentamento eleitoral em curso”.