Entrevista – A ciência brasileira contra o genocídio

Gilson Amaro entrevista o Prof. Domingos Alves, pesquisador do Laboratório de Inteligência em Saúde (LIS) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP e um dos integrantes do Covid-19 Brasil.

Gilson Amaro 1 fev 2021, 19:35

O Brasil vive uma situação dramática com mais de duzentos e vinte mil mortos e milhões de contaminados, que ao contrário do que pensam muitos, não é fruto da incompetência do governo federal, mas sim o resultado de uma estratégia política institucional que leva as pessoas a contaminação e consequentemente ao número terrível de óbitos que presenciamos.

Nesta entrevista, conversamos com o professor Domingos Alves que é pesquisador do Laboratório de Inteligência em Saúde (LIS) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP e um dos integrantes do Covid-19 Brasil, um grupo de cientistas independentes e voluntários que monitoram a pandemia.

Este bate papo é importante para combater a desinformação, negacionismo e uma série de posturas perigosas e mentirosas sobre a pandemia, além de destacar o papel da ciência brasileira no combate a pandemia, mesmo sofrendo ataques e desmontes levado a cabo pelos governos.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é uma edição especial de nossa Revista Movimento, de números 19 e 20. Nela, publicamos um dossiê que celebra os 150 anos de nascimento de Rosa Luxemburgo, vinculado à iniciativa coordenada por nossa camarada Luciana Genro: o curso da Escola Marx “150 anos de Rosa Luxemburgo: pensamento e ação”.