Anúncio de ingresso no Movimento Esquerda Socialista

Vereadora de Campinas aderiu à corrente ao lado de outros militantes em fevereiro deste ano.

Mariana Conti 20 maio 2021, 14:11

Hoje tomamos uma importante decisão: eu e muites camaradas de luta decidimos por ingressar na organização política Movimento Esquerda Socialista, o MES. Os motivos de ingresso são muitos, mas gostaria aqui de expressar dois deles.

O primeiro é o fato de que essa organização tem, ao longo dos anos, apostado na necessidade do reagrupamento das organizações revolucionárias no Brasil e no mundo. A aposta de que diferentes tradições, culturas políticas e experiências organizativas podem desdobrar em sínteses políticas, para enfrentar os desafios de um mundo polarizado, em profunda crise social e com enorme vácuo do movimento socialista, me parece correta e necessária.

O segundo motivo é a aposta no protagonismo dos setores mais dinâmicos da classe trabalhadora e que tem imprimido tintas de radicalidade na política nos últimos anos: a juventude, as mulheres, a negritude, as LGBTQIA+s. Saúdo a aguerrida militância do MES e sua direção, fundadora do PSOL, pela calorosa acolhida e agora seguimos juntos na caminhada da luta socialista.

17 de fevereiro de 2021


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima primeira edição da Revista Movimento, dedicada aos debates em curso do VII Congresso Nacional do PSOL. Nela encontram-se artigos de análise, polêmica e discussão programática para subsidiar os debates de nossos camaradas em todo o país e contribuir com a batalha pela pré-candidatura de nosso companheiro Glauber Braga à presidência da República pelo PSOL. A edição também conta com análises de importantes questões internacionais contemporâneas e de outros temas de interesse, como os desafios da luta pelo “Fora, Bolsonaro” e as crises hídrica e elétrica no Brasil. Num ano de 2021 ainda marcado pela tragédia da pandemia da Covid-19 e pelo descaso criminoso de governos em todo o mundo, lamentamos a perda de nosso grande camarada Tito Prado (1949-2021), militante internacionalista e dirigente de Nuevo Perú. A ele dedicamos esta edição de nossa revista e, em sua homenagem, publicamos artigos em sua memória. Boa leitura!