Solidariedade ao PST argelino

Sob falsos pretextos, o governo argelino quer fazer o PST por seu apoio infalível às lutas dos trabalhadores.

O governo no poder na Argélia iniciou um procedimento judiciário em regime de urgência contra o PST (Partido Socialista dos Trabalhadores) visando, num rito sumario, a suspensão temporária das atividades do PST e o fechamento de suas instalações. No final de abril, medidas semelhantes foram tomadas contra outro partido de oposição, a UCP (União para a Mudança e o Progresso).

Sob falsos pretextos, o governo argelino quer fazer o PST pagar por seu papel durante o Hirak e por seu apoio infalível às lutas dos trabalhadores.

A Secretaria de Relações Internacionais do PSOL reafirma seu apego às liberdades democráticas, de expressão e de organização. Nossa solidariedade com o Partido Socialista dos Trabalhadores da Argélia, seus militantes e dirigentes é total.

Acesso a página do PST argelino em https://www.pst-algerie.org/


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é uma edição especial de nossa Revista Movimento, de números 19 e 20. Nela, publicamos um dossiê que celebra os 150 anos de nascimento de Rosa Luxemburgo, vinculado à iniciativa coordenada por nossa camarada Luciana Genro: o curso da Escola Marx “150 anos de Rosa Luxemburgo: pensamento e ação”.