Luciana Genro lança pré-candidatura a deputada estadual no RS
Luciana_Genro_Lançamento_Pré_2022

Luciana Genro lança pré-candidatura a deputada estadual no RS

Lançamento teve atividades nas periferias e no Centro de Porto Alegre

Redação da Revista Movimento 22 jul 2022, 13:01

Do extremo Norte ao extremo Sul de Porto Alegre, passando por comunidades periféricas como Rubem Berta, Santa Rosa de Lima e Restinga, Luciana Genro (PSOL) realizou o lançamento de sua pré-candidatura a deputada estadual no sábado (17/07). As três atividades em Porto Alegre, que ainda contou com um evento na região central, reuniram mais de 500 pessoas e expressaram todas as lutas levadas adiante pela deputada e pelo PSOL no último período. Além dos eventos na Capital, Luciana Genro tem realizado lançamentos em diversas cidades do Interior em conjunto com pré-candidatos a deputado federal que farão dobradinha com ela na disputa eleitoral.

A iniciativa de realizar três atividades em Porto Alegre prioriza as periferias e bairros populares onde a deputada tem desenvolvido um trabalho junto às comunidades.

“Nós fazemos política porque queremos organizar as pessoas para lutar pelas mudanças tão necessárias no modelo econômico e social. Estamos onde o povo está, por isso viemos até os bairros mais afastados do Centro para que todas e todos pudessem participar desse dia importante na nossa luta política”, disse a deputada.

Tanto na Zona Norte quanto na Restinga e no Centro, as atividades contaram com a presença de lideranças do PSOL, como a deputada federal Fernanda Melchionna, pré-candidata à reeleição, o vereador Roberto Robaina, pré-candidato ao Senado, e o vereador Pedro Ruas, pré-candidato a governador. Em cada evento, participaram ainda diversas lideranças locais e pré-candidatos do partido neste ano.

Para Luciana Genro, o PSOL é uma ferramenta na busca de uma nova alternativa política e econômica para o país. A deputada frisou a importância das lutas pela taxação de grandes fortunas, contra todas as opressões, em defesa das mulheres, da comunidade LGBTI+, da negritude, das religiões de matriz africana, da educação pública, da juventude, da classe trabalhadora, dos animais e do meio ambiente.

“A união entre movimentos estudantis, sociais e culturais junto ao PSOL é essencial para a construção política que possibilitará um novo modelo de sociedade, com emancipação do povo e garantias de direitos para todos”, ressaltou a pré-candidata.

Lançamento na Zona Norte reuniu lideranças da região

Em função do trabalho que realiza, em diversas frentes, nos bairros da Zona Norte de Porto Alegre, Luciana Genro escolheu a quadra da Imperatriz Dona Leopoldina, no Rubem Berta, para promover o primeiro lançamento de sua pré-candidatura como deputada estadual na Capital.

A parlamentar expressou sua alegria em reunir cerca de 100 pessoas no evento: “Mesmo com a chuva, que não deu trégua, lideranças e moradores de vários bairros compareceram em peso. Isso me deixa muito orgulhosa, pois esse apoio é o reconhecimento do trabalho que temos realizado há muitos anos em prol da região, atuando para ajudar a organizar a luta do povo em defesa dos seus direitos”.

Mulheres negras são maioria em lançamento na Restinga

Com um trabalho permanente na Restinga, bairro da Zona Sul de Porto Alegre, Luciana Genro realizou também uma atividade de lançamento da sua pré-candidatura na região. O ato aconteceu no Bar da Velha Guarda e contou com presença predominante de mulheres negras.

“A Restinga é um dos bairros mais segregados racialmente e empobrecidos de Porto Alegre. Também é um bairro de gente trabalhadora, que luta para sobreviver diante do aumento dos preços dos alimentos”, disse a deputada.

Público diverso prestigia lançamento na Cidade Baixa

Estudantes, professores, artistas e produtores culturais, sindicalistas, membros da comunidade LGBTI+, movimento negro, feminista, juventude, entre outros foram até o Espaço Cultural 512, na Cidade Baixa, para acompanhar o lançamento da pré-candidatura de Luciana Genro a deputada estadual.

Um vídeo com momentos da trajetória da pré-candidata na política, incluindo os dois lançamentos anteriores do dia, foi exibido no início da atividade. Ela agradeceu aos presentes, ao Movimento Esquerda Socialista (MES), sua organização política que foi fundadora do PSOL, outros companheiros de luta, à família, à equipe de trabalho e demais apoiadores. Fez também um balanço dos três eventos do dia, que reuniram mais de 400 de pessoas, em especial os dois primeiros, que “demonstraram a inserção do PSOL na periferia”.

Luciana Genro avaliou o cenário político atual, salientando a necessidade de construção de uma política de emancipação popular. Citou o apoio do PSOL a Lula na eleição majoritária com o objetivo de derrotar Bolsonaro, se possível ainda no primeiro turno, para “mandá-lo para a lata de lixo da história”. Mesmo com a aliança tática para derrotar a extrema direita, a pré-candidata reforçou o posicionamento do PSOL de que a conciliação de classes não resolve os problemas sistêmicos do país, que são também problemas do capitalismo.

“Vamos precisar seguir organizados e em luta após as eleições, enfrentando o bolsonarismo e impulsionando uma construção política voltada à organização do povo, da classe trabalhadora e de todas as populações oprimidas por esse sistema tão injusto e desigual”, disse.


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

   

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima quarta edição da Revista Movimento. Iniciando nossas publicações em 2022, preparamos uma edição com um dossiê de mulheres, organizado pelas mulheres do Movimento Esquerda Socialista (MES).