94 anos de Milton Santos

Geógrafo foi um dos maiores pensadores marxistas brasileiros de seu tempo.

Prof. Josemar Carvalho 4 maio 2020, 15:11

Milton Santos é certamente um dos maiores intelectuais brasileiros de todos os tempos. É um sem dúvida uma referência mundial na geografia e no pensamento critico. Negro, baiano, ganhador do Nobel de Geografia é uma grande expressão de vida e sensibilidade.

É impossível não cita-lo quando se refere a globalização, urbanização, desigualdade social e regional brasileira. Sua vasta obra é de uma riqueza incomensurável. Seu livro “O Espaço Dividido” (1979) é um clássico mundial discutindo a economia dos países periféricos no sistema capitalista. A “Natureza do Espaço” (1996) é um livro que apresenta seu método de análise cientifico. Cada frase deste livro é um estudo profundo. “Por uma outra globalização. Do pensamento único à consciência universal” é uma célebre critica ao capitalismo e ao seu modo operante.

Em junho de 2001, Milton Santos nos deixou. Mas o seu pensamento e obra o imortalizou. Esta é a minha homenagem a este nobre intelectual brasileiro, pouco popular no Brasil, muito premiado e reconhecido nos meios acadêmicos internacionais pela valiosa obra que realizou em defesa dos pobres e dos trabalhadores.

Por uma outra Globalização!!! Milton Santos Vive!!!

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1585602664960036&id=176193939234256


Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima primeira edição da Revista Movimento, dedicada aos debates em curso do VII Congresso Nacional do PSOL. Nela encontram-se artigos de análise, polêmica e discussão programática para subsidiar os debates de nossos camaradas em todo o país e contribuir com a batalha pela pré-candidatura de nosso companheiro Glauber Braga à presidência da República pelo PSOL. A edição também conta com análises de importantes questões internacionais contemporâneas e de outros temas de interesse, como os desafios da luta pelo “Fora, Bolsonaro” e as crises hídrica e elétrica no Brasil. Num ano de 2021 ainda marcado pela tragédia da pandemia da Covid-19 e pelo descaso criminoso de governos em todo o mundo, lamentamos a perda de nosso grande camarada Tito Prado (1949-2021), militante internacionalista e dirigente de Nuevo Perú. A ele dedicamos esta edição de nossa revista e, em sua homenagem, publicamos artigos em sua memória. Boa leitura!