FNL e movimentos sociais constroem acampamento popular no DF em dia nacional de lutas por impeachment de Bolsonaro
Foto: Revista Movimento

FNL e movimentos sociais constroem acampamento popular no DF em dia nacional de lutas por impeachment de Bolsonaro

Ontem, 13, a Frente Nacional de Lutas Campo e Cidade (FNL) coordenou a organização de oito acampamentos da Assembleia Popular do DF.

Nathália Bittencurt 14 jul 2021, 15:15

A Frente Nacional de Lutas Campo e Cidade (FNL), junto a movimentos sociais, entidades sindicais e partidos, coordenou na madrugada desta terça-feira (13) a organização de oito acampamentos da Assembleia Popular do DF, próximo ao Centro de Convenções Ulisses Guimarães. Os mais de 2.000 ativistas que construíram os oito acampamentos hoje participaram do ato político da campanha Fora Bolsonaro ao final da tarde, encerrando o dia nacional de protestos pelo impeachment do presidente Bolsonaro, o 13J.

A FNL atua nacionalmente em busca da distribuição legal de latifúndios rurais e grandes locais urbanos que já são considerados públicos, no entanto, não cumprem a função social do território. A reforma agrária, a defesa do patrimônio nacional e a derrubada da PEC 32, junto à urgência em tirar Bolsonaro do governo, são as principais pautas da FNL em todas as ocupações realizadas de norte a sul do Brasil.

Neste 13 de julho, os trabalhadores e trabalhadoras dos Correios são parte fundamental da resistência às políticas entreguistas do governo Bolsonaro. Com o projeto de privatização em curso, se mostra cada vez mais urgente a derrota da privatização dos Correios, assim como outras estatais que permanecem na mira do Ministro da Economia Paulo Guedes.

A construção do acampamento popular junto a outros movimentos sociais faz parte da nova etapa de mobilização da FNL na região do Distrito Federal, iniciada ainda em abril com um grande ato político que levou mais de 500 pessoas às ruas para dizer não ao governo corrupto e genocida. Dentre os ativistas que mobilizam as atividades coletivas do acampamento, estão os jovens do coletivo anticapitalista Juntos!, formado por estudantes que se organizam para defender mais direitos e a educação pública de qualidade em diversas cidades, e o Movimento Esquerda Socialista (MES), agrupamento nacional de militantes que fundou o PSOL.

Os movimentos sociais estão organizando debates e mobilizações com todos os cuidados para preservar as pessoas durante a pandemia, e inclusive pedem apoio em alimentos, água potável, máscaras PPF2 e álcool gel para uso no local. Dentro do acampamento Rosa Luxemburgo, por exemplo, há também a tenda Cantinho da Saúde, para prestar primeiros socorros em caso de emergências e compartilhar informações sobre como preservar a saúde pública e prevenir o aumento do risco de contágio de Covid-19.

Nas próximas semanas, a FNL seguirá sua jornada de atos políticos em defesa da reforma agrária como meio de garantir a terra, a moradia e a liberdade dos povos que resistem.

Foto: Revista Movimento
Foto: Revista Movimento
Foto: Revista Movimento

Parlamentares do Movimento Esquerda Socialista (PSOL)

Ver todos

Podcast Em Movimento

Capa da última edição da Revista Movimento
Esta é a vigésima primeira edição da Revista Movimento, dedicada aos debates em curso do VII Congresso Nacional do PSOL. Nela encontram-se artigos de análise, polêmica e discussão programática para subsidiar os debates de nossos camaradas em todo o país e contribuir com a batalha pela pré-candidatura de nosso companheiro Glauber Braga à presidência da República pelo PSOL. A edição também conta com análises de importantes questões internacionais contemporâneas e de outros temas de interesse, como os desafios da luta pelo “Fora, Bolsonaro” e as crises hídrica e elétrica no Brasil. Num ano de 2021 ainda marcado pela tragédia da pandemia da Covid-19 e pelo descaso criminoso de governos em todo o mundo, lamentamos a perda de nosso grande camarada Tito Prado (1949-2021), militante internacionalista e dirigente de Nuevo Perú. A ele dedicamos esta edição de nossa revista e, em sua homenagem, publicamos artigos em sua memória. Boa leitura!